Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Cama

Louis Vuitton compra Belmond Reid’s Palace na Madeira

  • 333

A Louis Vuitton (LVMH) acaba de anunciar um acordo para aquisição da Belmond Ltd. A marca de luxo, proprietária de marcas icónicas como a Moët & Chandon, a Dom Pérignon, a Christian Dior Couture, a Loewe, a Kenzo, a Givenchy, a Fendi ou a Marc Jacobs, junta assim ao seu portefólio de marcas de luxo os hotéis Belmond, presentes em 24 países, entre eles Portugal, com o Belmond Reid’s Palace na cidade do Funchal.



Mudam de mãos, agora para a empresa proprietária da Louis Vuitton, hotéis como o Hotel Cipriani em Veneza, o Hotel Splendido em Portofino, o Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, o Grand Hotel Europe em São Petersburgo, o Hotel das Cataratas no Parque Nacional do Iguaçu no Brasil e o Cap Juluca em Anguila. Comboios lendários, como o Veneza Simplon-Orient-Express e o Belmond Royal Scotsman e cruzeiros excecionais como o Belmond Afloat, são alguns dos negócios que agora mudam de mãos.



O Belmond Reid’s Palace (Estrada Monumental, 139, Funchal. Tel. 291717171) foi galardoado com uma Chave de Platina pelo Boa Cama Boa Mesa em 2017 e com uma Chave de Prata em 2018. Guardado no meio do Atlântico, este diamante da hotelaria mundial mantém intacta a sua beleza
estonteante. Posicionado em cima do penhasco Salto do Cavalo, é um espetador privilegiado do oceano e baía do Funchal. O chá das 5, servido na varanda, é um ritual obrigatório. As 35 suítes e 123 quartos (a partir de: €315) afirmam o conforto que seria de esperar de uma unidade habituada a receber a nata mundial. Aqui dormiram figuras da realeza europeia, do espetáculo, das artes e da política internacional, como Winston Churchill. Esse legado, patente nas fotografias antigas que decoram os corredores, reflete-se na atenção minuciosa às necessidades do hóspede.

No próximo dia 8 de junho, o Belmond Reid’s Palace vai ser palco da gala europeia dos World Travel Awards (WTA) 2019. Christopher Frost, o vice-presidente da WTA, afirmou em comunicado que “Será uma honra levarmos a cerimonia da gala europeia da WTA para a Madeira pela primeira vez”.



Com esta aquisição, a Louis Vuitton LVMH)destaca-se na oferta de um portfólio que oferece experiências extraordinárias e um serviço pessoal discreto para um cliente globalmente diversificado e altamente refinado. A transação deve ficar concluída no primeiro semestre de 2019, e está sujeita à aprovação dos acionistas da Belmond e ao aval pelas autoridades competentes em matéria de concorrência. O valor do negócio deve rondar os 2,6 bilhões de dólares. Através desta aquisição, a LVMH aumenta significativamente presença no mundo da hotelaria de luxo.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!