Boa Cama, Boa Mesa

Siga-nos

Perfil

Perfil

Boa Mesa

Soão: Viagem pela Ásia sem sair de Alvalade

  • 333

paulo barata

Trazer a Lisboa os sabores, aromas e texturas do Oriente é o mote do Soão – Taberna Asiática, o novo “templo” gastronómico asiático da capital.

O vento exótico do “Soão” sopra em direção ao piso térreo, que se agita como uma taberna asiática. A sala tem 30 lugares (14 ao balcão de robata, com sushi bar adjacente). Vêem-se barris de sakês, lanternas de papel, gaiolas de aves, gravuras kakemono e um aquário com mariscos.
Um letreiro de néon convida a descer ao piso inferior, onde um bar e quatro salas privadas – Kimono, Bambu, Seda e Veludo -, se “pintam” de intimismo e mistério. As madeiras, os vermelhos profundos e dourados velhos convocam “um certo luxo decadente”.

A carta de sushi e sashimi, de matriz japonesa, contém gunkans, nigiris e makis. O chefe executivo, Luís Cardoso, valoriza a linha tradicional de sushi, sem deixar de incluir um Sashimi de lagosta ou lavagante ou o Soão maki, um rolo de enguia coberto com barriga de atum, flor de sal e yukari, um condimento seco japonês.

Outra carta inclui caldos, caris e pratos clássicos dos vários destinos. Nas entradas, há Samosas indianas (€7), Kimchi picante sul coreano (€6) e Gói Cuôn vietnamita, um rolo primavera de peixe e camarão (€9). As sopas incluem Pho, do Vietname (€11), à base de massa de arroz e rabo de boi, e Tom Yum Kung (Tailândia). Encontra petiscos Gua Bao e ainda Dim Sum chineses, como o de champanhe, lavagante e gambas (€6,50).

O chefe recomenda, por exemplo, o Robata Wagyu to Kinoko (Japão), um bife wagyu grelhado a carvão com molho ponzu de wasabi (€35) e a Pad Thai Kung (Tailândia), uma massa de arroz salteada com ovo e camarão/frango (€16). Prove sobremesas como o Bolo cremoso de côco e caril e o Arroz glutinoso com manga e leite de côco.

Vasco Martins, o head bartender, concebeu uma carta de bebidas fiel à tradição asiática. Aos típicos sakês juntam-se destilados menos conhecidos como o shochu, o soju e o baiju, bem como gins, rums, vodkas e cervejas de origem asiática. Há versões de cocktails clássicos, como o Osakini, inspirado no Bellini, e o Sojito, no Mojito. Mas também desafios tailor-made, potenciando a gastronomia de cada país. O Patong mistura rum Chalong bay com leite de côco e lima (€11,50), e o Bombaim vai buscar a manga e a canela em rama.

No Soão (Av. de Roma, 100, Lisboa. Tel. 210 534 499) termina-se com um cerimonial. Além de seis chás para acompanhar a refeição, a parceria com o tea sommelier Sebastien Filgueiras, da Companhia Portugueza do Chá, resultou em três harmonizações de chá e whisky. O whisky deve servir sem gelo e o chá a cerca de 60º e em louças gaiwan. O whisky Kavalan King Car Conductor (Taiwan) faz pairing com o chá tailandês Gin Xuan Oolong Thai (€12,50). O whisky Yanazaki 12 anos (Japão) casa com a raridade chinesa Milky Oolong (€19,50). Já o Nikka from the barrel (Japão) vai bem com o blend fumado açoriano Lapsang (€9,50).

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!